Brasil

Estudo de caso

Uma nova era capturada pela série FUJINON série MK

NEW

No último artigo, escrevi sobre o desempenho óptico e o design do corpo da série MK de lentes Cine lançadas pela Fujifilm. Desta vez, eu gostaria de falar sobre a usabilidade e criatividade desses produtos durante a filmagem.

Com o objetivo de filmar a estação verde-escuro no final de maio, escolhi o local de "Tofukuji", considerado o templo mais antigo de Quioto. Antes de tudo, eu gostaria de mostrar os filmes que fiz.

A profundidade e a bela expressão de cores são exatamente a imagem da FUJINON, que continua a produzir lentes de cinema ao longo dos anos.

A primeira coisa sobre a qual eu gostaria de falar na introdução é a maravilha absoluta da FUJINON série MK. Embora eu não queira juntar palavras floridas, essas lentes me mostraram um nível de desempenho que quase me faz não querer voltar mais para o jeito de filmar de antes usando montagem PL. Além da qualidade de imagem perfeitamente bela, o alto nível de mobilidade proporcionado pelo corpo compacto é realmente a joia da tecnologia da FUJINON. Essa realmente parece ser uma nova era das lentes de cinema.

Usei a Sony PXW-FS7 para filmar.

Tentei filmar a FUJINON série MK com a PXW-FS7, usando a montagem E nativamente.

Para este filme, usei a MK18-55mm T2.9 já lançada, bem como a MK50-135mm T2.9, programada para lançamento em meados de julho. Usando duas câmeras Sony PXW-FS7, usamos o ATOMOS SHOGUN INFERNO para monitoramento e gravação de backup 4K. A filmagem foi feita a 60p em DCI 4K, visando o trabalho de alta velocidade em uma linha do tempo de 24p.

Acho que a FS7 é a melhor câmera para usar com a FUJINON série MK de montagem E. Ela é capaz de gravar em DCI 4K/60p com renderização intraquadro de 10 bits. Nós filmamos usando a gama S-Log3 com o espaço de cores S-Gamut3.cine assumindo a pós-produção para nosso fluxo de trabalho de cinema digital.

A combinação com a Sony α6500 também é incrível. A mobilidade é absolutamente excepcional.

É claro, sendo uma montagem E, a FUJINON série MK também pode ser conectada à série SLT α sem espelho. Embora a FUJINON série MK possa não se encaixar em sensores de tamanho completo, como os da α7R II, devido ao círculo de imagem Super 35mm, ela é perfeita para os modos de corte na α6500 e α7R II. Em particular, a combinação com a α6500 pode ser considerada a "menor configuração do mundo" de lente de cinema. Além disso, se filmada a 4K / 24p, a qualidade de cinema desta configuração é comparável a outras câmeras de alta qualidade.

Filmado na α6500 com gradação. Uma textura inimaginável para 8 bits.

Qualidade e cor de imagem impressionantes graças à tecnologia FUJINON

Qualidade comparável à das lentes de foco único/com distância focal fixa

Como mencionei no artigo anterior, acredito que a FUJINON série MK está "mudando a era". Há quatro motivos. O primeiro é o alto desempenho óptico difícil de alcançar com uma lente fixa, e os mecanismos mecânicos fáceis de operar em campo. Ambos padrão para uma lente de cinema. O segundo motivo é a capacidade de capturar a qualidade da imagem que se aproxima da qualidade de uma única lente de foco, apesar de ser uma lente de zoom. O terceiro motivo é a construção surpreendentemente compacta e leve. E, finalmente, o preço surpreendente. Embora eu já tenha escrito muitas coisas sobre o desempenho óptico e os mecanismos das lentes, eu realmente quero que você conheça sobre o esplendor da qualidade da imagem que pode ser obtida com a FUJINON série MK.

Primeiro, eu gostaria que todos vissem um clipe da filmagem feita em S-Log3/S-Gamut3.cine. Você pode ver imediatamente que o diafragma aberto do T2.9 da MK 18-55mm está utilizando totalmente as especificações S-Log3, com 14 paradas surpreendentes. A luz que entra pela janela e a sensação de profundidade no quarto escuro em estilo japonês são retratadas com beleza indescritível em 4K. Ao perceber as altas capacidades da lente, pode-se dizer que essa filmagem tira total vantagem da gradação.

O material filmado da S-Log3/S-Gamut3.cine foi armazenado usando o LUT oficial da Sony "SLog3SGamut3.CineToLC-709TypeA.cube" em um espaço de cores REC.709, com edição de cores aplicada usando DPX como um codec intermediário. Um esboço aproximado da edição foi feito usando o Adobe Premier Pro, enquanto o After Effects foi usado para correção de cor adicional e edições de composição.

O intervalo dinâmico de 14 paradas pode ser claramente visto. Capturado usando MK 18-55mm em T2.9.

O LUT oficial da Sony foi aplicado e um processamento de ruído adicional foi realizado para criar uma imagem de referência

Imagem final após a gradação. A edição foi realizada para mostrar a profundidade da filmagem.

Eu gostaria que você prestasse atenção especial à gradação do tom de pele na filmagem usando a MK 50-135mm ao ar livre. Apesar de ser um busto, as características do rosto são lindamente transmitidas, como se estivesse levando a textura da pele para as mãos. Até mesmo as texturas do quimono são maravilhosamente capturadas. Embora o foco durante esta cena tenha sido movido da folha de bordo na frente da câmera para o rosto do modelo, a FUJINON série MK fez uma transição maravilhosa sem alterar o ângulo de visão durante o foco.

Embora haja outras cenas em que o foco se move neste trabalho, não há mudança do ângulo de visão que realmente me faz perceber que o vídeo foi criado por uma lente de cinema. O torque do anel de foco também é requintado. Essa área parece ter sido bem-sucedida com base no know-how e na experiência da FUJINON, criando lentes de cinema ao longo dos anos.

Um filme feito ao ar livre usando S-Log3/S-Gamut3.cine sem luz

Imagem final após a gradação. As cores são absolutamente deslumbrantes

O foco sem respiração é realmente a tecnologia das lentes de cinema

Alto desempenho óptico permite "Zooming"

Com um sistema Follow Focus conectado ao anel de zoom

Para este projeto, assumimos o desafio de uma composição aproveitando o "zoom". A FUJINON série MK alcança o "controle do movimento de foco durante o zoom" e o "controle do desalinhamento do eixo óptico durante o zoom" graças ao seu alto desempenho óptico. Por isso, é possível filmar cenas enquanto utiliza a função de zoom. Uma vez que o diafragma, zoom e foco na FUJINON série MK são todos montados com uma inclinação de 0,8 m, eu acoplei um sistema Follow Focus ao anel de zoom.

Embora o zoom não seja muito executado em filmagem de cinema convencional, o alto desempenho óptico com esta lente de zoom realmente expande o alcance de captura possível. Como o zoom é possível em todo o espectro sem soltar a parada T para a MK 18-55mm e a MK 50-135mm, ser capaz de deixá-lo a cargo de seus sentidos e criar trabalhos que utilizam zoom é um ponto realmente atraente.

Quando as expressões de vídeo com zoom tornam-se possíveis, as possibilidades dos métodos de expressão se expandem

Exposição perfeita com um diafragma perfeito

Corte pré-gradação. 1/16 ND filmado em T3.5.

Graças ao diafragma que também poder ser movido sem problemas, é possível realizar configurações de exposição muito finas. Normalmente, uma vez que o diafragma é ajustado em lentes fixas em 1/3 paradas, ajustes delicados acabam sendo difíceis de fazer. Em particular, decidir a exposição é a parte mais importante ao filmar em Log. Para a S-Log3/S-Gamut3.cine, uma vez que é possível obter uma imagem com a maior escala de gradação quando 18% de cinza corresponde a 41% de luminância, verificamos as formas de onda repetidamente usando o SHOGUN e o monitor externo, decidindo cuidadosamente as exposições com o cinegrafista para cada corte.

Como diretor, me certifiquei de não focar demais a exposição no rosto. Como eu queria expressar a bela luz que desce sobre Tofukuji, a iluminação foi realizada para mostrar a intersecção de luz e sombras em cada lugar. Durante a gradação, eu foco nas cores pretas, editando a imagem para cor e brilho de modo a criar profundidade. Eu realmente senti que esse fluxo de trabalho de pós-produção era adequado para a FUJINON série MK.

Foi realizada a fim de mostrar a aparência de abismo da ponte Tsuten-kyo de Tofukuji, graduando enquanto se mantinha consciente da profundidade

Mobilidade máxima

Corte do After Effects durante a edição

Essa filmagem foi concluída com apenas uma pequena equipe de quatro pessoas - dois cinegrafistas e dois assistentes. Fazendo uso de gruas e trilhos como equipamento especial, o ensaio progrediu sem nenhum problema. Ser capaz de ter todas os comprimentos focais que queríamos filmar usando apenas duas lentes é uma prova real da mobilidade máxima da FUJINON série MK. Com quase o mesmo tamanho de uma garrafa de água e um corpo que pesa menos de um quilo, a lente permite um estilo de captura incrivelmente eficiente. Os cineastas não devem ter problemas para filmar de forma portátil com a FUJINON série MK.

Se usássemos a montagem PL e lentes de cinema de foco único para este ensaio, a escala do projeto, incluindo o aspecto de custo, dificuldade de operação, tamanho do equipamento especial usado e número de pessoal, teria crescido substancialmente. Para obter o comprimento focal de 18mm - 135mm, seria preciso carregar o tempo todo de seis a oito lentes de foco único. Se a qualidade de imagem equivalente puder ser obtida, acredito que você possa ver como nova era do estilo cinematográfico é possibilitada pela FUJINON série MK. Pode ser possível dizer que estas são as lentes de zoom de cinema perfeitas, mostrando-nos o momento exato em que um novo fluxo de trabalho de filmagem nasce.

Graças à leveza das lentes, você pode carregar equipamentos especiais adicionais. A operação é simples e precisa.

Início da nova era de possuir uma lente de cinema acessível

A série MK embala firmemente a tecnologia da FUJINON para fazer lentes de cinema ao longo dos anos. Com um preço de varejo do fabricante de 420 mil ienes para a MK 18-55mm T2.9 e 450.000 ienes para a MK 50-135mm T2.9, as duas lentes como um conjunto não atingem nem 1.000.000 de ienes. Com ângulos de visão de 18 mm a 135 mm utilizáveis em T2.9 por toda a qualidade de imagem da classe FUJINON, acredito que você entenda o quão inacreditável é esse preço. Embora o aluguel fosse algo comum devido às inúmeras lentes de zoom de cinema de montagem PL, cada uma delas custando 10 vezes mais, finalmente chegou a hora de possuir uma lente de cinema. É um sonho que se torna realidade.