Portugal

A nova função CAD EYE™ da Fujifilm para Deteção e Caracterização em tempo real de pólipos do Cólon utilizando a tecnologia Al, está agora comercialmente disponível na Europa

Setembro 16, 2020

CADEYE REiLI

A Fujifilm Europe GmbH anunciou hoje que o CAD EYE™(*1) está agora disponível na Europa. O CAD EYE é um novo software com duas funções para deteção e caracterização de pólipos do cólon, usando Inteligência Artificial (IA) baseada em algoritmos de “deep learning”. A apresentação oficial terá lugar durante um Simpósio Satélite ao ESGE Connect 2020, na segunda-feira 21 de setembro de 2020 às 16:00h (WET).

A função de caracterização, a par da deteção de pólipos, está disponível com o software EW10-EC02 e a compatível unidade de expansão EX-1 em conjugação com o sistema ELUXEO 7000 Fujifilm e colonoscópios da série 700.

O CAD EYE foi originalmente desenvolvido para apoiar a deteção de pólipos do cólon em tempo real utilizando a tecnologia IA. Quando é detetado um pólipo suspeito na imagem do endoscópio, uma Caixa de Deteção indica a zona onde o pólipo suspeito foi detetado acompanhado por um sinal sonoro. O módulo de Caracterização CAD EYE ajudará os médicos gerando uma previsão histológica sugerida mostrando se o pólipo suspeito da imagem é hiperplásico ou neoplásico.

O CAD EYE funciona, enquanto a imagem endoscópica móvel está a ser observada e não exige técnicas complicadas nem operações como ampliação e captação de imagem.

Antes do CAD EYE, a Fujifilm desenvolveu dois tipos diferentes de tecnologia de aperfeiçoamento de imagens, chamados LCI (Linked Color Imaging) e BLI (Blue Light Imaging) para apoiar, respetivamente, a deteção e a caracterização, devido às suas características de comprimento de onda de luz usadas(2*). A Fujifilm aplicou esta ideia ao desenvolvimento do CAD EYE, e as funcionalidades do CAD EYE são automaticamente ativadas, dependendo do modo de observação em curso.

A Deteção CAD EYE é ativada quando os clínicos estão a observar em Modo White Light ou em Modo LCI, e muda automaticamente para a Caracterização CAD EYE, quando o modo de observação muda para BLI. O CAD EYE pode ser ativado ou desativado apenas clicando num botão do colonoscópio, o que também é importante quando as funções já não são necessárias, tal como durante procedimentos terapêuticos.

O Graphical User Interface (GUI) foi concebido para minimizar os movimentos dos olhos de quem executa a colonoscopia durante um procedimento, apresentando o resultado da caracterização e o Visual Assist Circle à volta da circunferência da imagem do endoscópio. O Mapa de Posição é colocado diretamente ao lado da imagem clínica, para mostrar em que área da imagem de vídeo o CAD EYE se está a focar.

Aumentar o número de endoscopistas que conseguem detetar devidamente, e caracterizar pólipos do cólon é um dos problemas críticos do campo da gastrenterologia», diz o Prof. Helmut Neumann, Professor de Medicina e Diretor do Centro Interdisciplinar do University Medical Center Mainz. «Com a combinação CAD EYE Detection and Characterization, o processo de aprendizagem de exames de colonoscopia pode ser largamente melhorado. Com a ajuda CAD EYE DETECTION, podemos assistir a um aumento da taxa de Deteção de Pólipos (PDR) e mesmo aqueles que não sejam especialistas em endoscopia podem aproximar-se bastante desse nível. O CAD EYE Characterization é passível de reduzir o custo da histopatologia, reduzindo biópsias desnecessárias realizadas durante a endoscopia. É útil que o CAD EYE esteja disponível para colonoscópios da série 700, já presentes no mercado, e que não necessite de qualquer operação especial, tal como a ampliação, para ser ativada. Os endoscopistas podem simplesmente usar o endoscópio de forma habitual, proporcionando instantaneamente este poderoso instrumento de apoio.

Quanto a informações detalhadas relativas a instruções de utilização, avisos e precauções, consulte, por favor, o manual de utilização. Para mais questões, por favor, contacte as subsidiárias da Fujifilm ou os distribuidores autorizados em cada país ou região.

Para descobrir os benefícios do CAD EYE durante a prática de endoscopia colorretal, contacte-nos no ESGE Connect Satellite Symposium; 2ª feira, 21 de setembro 2020, às 16:00h(WET), para um webinar gratuito. O webinar consta de conferências pré-gravadas com Q&A (perguntas e respostas) ao vivo, com a participação do Prof. Pradeep Bhandari, Universidade de Portsmouth, Solent Center for Digestive Diseases, Queen Alexandra Hospital, Portsmouth, UK; Prof. Dr. Emmanuel Coron Digestive Diseases Institute University Hospital de Nantes, França; Dr. Emanuele Rondonotti Gastroenterology Unit, Hospital Valduce, Como, Italy.

 

Antecedentes:
O cancro colorretal é o terceiro cancro mais comum depois do cancro de pulmão e o cancro de mama em termos de número de casos e a segunda cause de morte por cancro mais comum depois do cancro de pulmão(3*). A fim de reduzir a incidência do cancro, a colonoscopia é em grande medida considerada a pedra de toque na deteção da neoplasia do cólon. Há a convicção generalizada de que um diagnóstico endoscópico preciso dos pólipos do cólon poderia diminuir o número de polipectomias, o que levaria à redução de despesas médicas. Porém existe um fosso na capacidade de diagnóstico dos pólipos do cólon entre especialistas e não especialistas em endoscopia e preencher esse fosso tem sido um dos principais problemas da colonoscopia(4*, 5*). A Fujifilm está a trabalhar para desenvolver uma coleção única de tecnologia de processamento de imagens e continua a desenvolver a aplicação prática da tecnologia de IA e irá continuar a desenvolver e fornecer uma vasta gama de produtos e serviços que respondem às necessidades da medicina de primeira linha em vários campos, contribuindo para simplificar o trabalho clínico, melhorando a qualidade de cuidados médicos e mantendo o fortalecimento da saúde das pessoas.

 

(1*) O nome da marca da Fujifilm da função para ajudar o diagnóstico apoiado por computador (CAD) na endoscopia utilizando técnicas de IA. A Fujifilm requereu a proteção da marca CAD EYE.

(2*) Portal BLI

(3*) WHO database

(4*) Ladabaum U, Fioritto A, Mitani A, et al. Real-time optical biopsy of colon polyps with narrow band imaging in community practice does not yet meet key thresholds for clinical decisions. Gastroenterology 2013;144:81–91.

(5*) Rees CJ, Rajasekhar PT, Wilson A, et al. Narrow band imaging optical diagnosis of small colorectal polyps in routine clinical practice: the Detect Inspect Characterise Resect and Discard 2 (DISCARD 2) study. Gut 2017;66:887–95.